Fiz um empréstimo e estão descontando um valor abusivo nas parcelas. O que fazer?


Fiz um empréstimo, mas os valores das parcelas estão muito alto. O que fazer? Onde devo devo reclamar? Preciso de um advogado pra resolver este problema? Quais os meus direitos?
SE for emprestimo consignado, pode-se ingressar com ação pedindo o reajustamento do desconto ao patamar de 30% do rendimento liquido. Há inumeras decisões favoráveis junto ao TJ

SE for constatado juros abusivos tem que ingressar com ação judicial por meio de advogado. Se não houver juros abusivos, pode ser procurado o credor para negociar maior prazo e consequente diminuição das parcelas.

A questão de juros abusivos é complicada. Em decisão no STJ entendeu-se que a apuração da existência de juros abusivos ou não deve ser aferida por PERICÍA

O certo é ver os detalhes do contrato certinho. Mas, a princípio, poderia entrar com uma ação, haja vista haver entendimento jurisprudencial no sentido de só poder descontar até 30% dos rendimentos. Talvez também seja possível entrar com ação para rever os juros abusivos, caso existam.


ADM: "Participar da O Conciliador é algo maravilhoso. Você tem a oportunidade de mudar sua vida financeira, sua relação com o dinheiro, e ainda tem a oportunidade de ajudar outras pessoas e empresas". Facebook


 

Copyright © 1999 - 2017 O Conciliador - [oconciliador.net] Todos os direitos reservados.

Site Seguro
Política de Privacidade. A O Conciliador preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, entretanto não nos responsabilizamos por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes. Você pode usar as informações contidas nesse site, mas não deve nunca deixar de fazer suas próprias pesquisas e coleta de informações antes de tomar qualquer decisão. Nós procuramos responder dúvidas dos nossos leitores. Isso não significa que somos obrigados a responder todas as perguntas que recebemos. Também não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas. Elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc.
Tudo Sobre:

Recuperação de Créditos, Cobrança Judicial, Recuperação de Empresas, Revisão de Dívidas Empresariais, Banco Itaú S.A., Banco Bradesco S.A., Banco Volkswagen S.A., Busca e Apreensão, Banco Toyota S.A., Banco Santander S.A., Banco Itaucard S.A., Banco Votorantim S.A., HSBC Bank Brasil S.A., HSBC Bank Brasil S.A., Recuperação de Créditos, Banco Panamericano S.A., Dano Moral, Banco Randon S.A., Banco Sofisa S.A., Banco Mercedes-Bens do Brasil S.A., Banco Safra S.A.>, BV Financeira S.A., Solução de Dívidas, Banco Honda S.A. , Hipercard Banco Múltiplo S.A., Banco Morgan Stanley S.A., Banco John Deere S.A., SICREDI S.A., Banco Alfa S.A., Banco ABN AMRO Real S.A., Banco do Brasil S.A., Banco Capital S.A., Banco Petra S.A., Scania Banco S.A.

.